Vereadores de Propriá autorizam contratações temporárias para execução do Projeto Criança Feliz

por Mozzarth Almeida publicado 23/06/2017 11h12, última modificação 23/06/2017 11h12
Na mensagem do Projeto de Lei Complementar nº 033, de 2017,o Prefeito Iokanaan Santana assegura o projeto possibilita a celebração de contratos temporários para a execução do Projeto Criança Feliz.

O projeto altera o anexo I, da Lei Complementar nº 793, de 30 de maio de 2017, ficando o Poder Executivo autorizado a realizar contratação de pessoas físicas a fim de atender necessidades temporárias de serviço, em caso de excepcional interesse público no Município de Propriá, junto à Secretaria Municipal de Assistência Social, para a execução do Programa Criança Feliz.

Na prática, a alteração na Lei permitirá a contratação para a execução do Programa Criança Feliz: Supervisor (nível superior), carga horária 30h, salário R$ 1.850,00; Assistente Social, carga horária 30h, salário R$ 1.700,00; Educadores sociais, carga horária 40h, salário R$ 950,00. Na mensagem do Projeto de Lei Complementar nº 033, de 2017,o Prefeito Iokanaan Santana assegura o projeto possibilita a celebração de contratos temporários para a execução do Projeto Criança Feliz.

error while rendering plone.comments